E-book Guia do Financiamento: o que você precisa saber sobre financiamento de imóvel

Um casal segurando a chave no seu novo imóvel

A maior dúvida da maioria das pessoas na hora de comprar um imóvel consiste nos trâmites do financiamento. O financiamento é como um empréstimo: o banco faz o pagamento à vista para o proprietário do imóvel que você deseja comprar, e você paga esse empréstimo ao banco de duas maneiras: uma parte à vista (chamada de entrada) e o restante em parcelas. Por esse motivo, todo financiamento cobra juros.

“Quanto devo reservar para o valor de entrada?”, “posso financiar até qual valor” e “como saber se as taxas de juros valem a pena” são as principais perguntas de quem procura pelo imóvel dos sonhos. Em resumo, optar pelo financiamento como modalidade envolve:

  • Pagamento de juros;
  • Reajustes anuais pela Taxa Referencial;
  • Pode usufruir do bem imediatamente;
  • Possibilidade de diluir as parcelas em prazos mais longos (no entanto, quanto maior o prazo, mais juros você paga);
  • O imóvel estará, provavelmente, mais valorizado ao fim do financiamento;
  • Risco de crédito do banco.

Os vários bancos que atuam como Agentes do Sistema Financeiro da Habitação possuem verbas de sobra que são destinadas ao crédito imobiliário, em linhas de crédito que podem ser parceladas em até 420 meses (35) anos, além de financiar até 80% do valor do imóvel pretendido (obviamente dependendo do enquadramento). Lembrando sempre que o valor da prestação não poderá ser superior a 30% da renda bruta, individual ou familiar.

Uma rua com 3 apartamentos

Quais são os sistemas de financiamento de imóvel?

Nem todo mundo sabe, mas existem dois sistemas de financiamento mais usados para esse tipo de operação: o SAC e o Price. É importante entendê-los antes de pesquisar o mercado e avaliar as propostas dos bancos.

SAC

O Sistema de Amortização Constante é o mais utilizado na hora de contratar um financiamento, e ele consiste basicamente na manutenção da amortização, o que gera uma diminuição do valor principal na medida em que as parcelas são pagas, já que os juros são calculados com base no valor total. Ou seja, o saldo devedor decresce a partir do primeiro pagamento das parcelas, assim como os juros.

SISTEMA PRICE

Já na tabela Price, a metodologia é inversa. As prestações são constantes, a amortização e os juros são variáveis. Essa variação acontece no sentido contrário ao longo do prazo do financiamento, o que gera às vezes, parcelas um pouco menores no início, logo, a diminuição do saldo devedor só é perceptível depois que mais da metade das prestações foram quitadas.

Conquistar o imóvel desejado não é tão difícil quanto parece. Basta pesquisar antes de fechar qualquer negócio, contar com uma imobiliária de confiança para instrui-lo nesse processo e manter-se informado para não se arrepender futuramente.

Se você ainda precisa saber mais sobre financiamento de imóvel antes de adquirir o seu, obtenha informações completas no ebook gratuito Guia do Financiamento: o que você precisa saber sobre financiamento de imóvel! Lá você encontrará o passo a passo para financiar seu imóvel com tranquilidade e praticidade, simulações de SAC e Price para você entender melhor e novidades sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se para receber nossos conteúdos:

Agradecemos sua inscrição!