REFORMA EM APARTAMENTO ALUGADO: COMO FUNCIONA?

obra em apartamento

Morar em um lugar que seja a nossa cara pode ser uma realização pessoal e tanto. Mas e quando o imóvel não é nosso, como um apartamento alugado, é possível alterá-lo e realizar reformas?

Primeiramente, quando o inquilino está pagando o aluguel, ele tem tanto o direito de utilizar o imóvel para viver (ou para servir de comércio) quanto o dever de conservá-lo eficientemente. Isso significa que, caso ele tenha intenções de fazer quaisquer reformas (como trocar piso ou instalar ar condicionado), o ideal é comunicar ao locador antes de assinar o contrato, para que possa haver uma negociação. Tudo deve estar descrito em documento. Mas, se a necessidade de reforma ocorrer após o contrato assinado, é preciso uma análise por parte do proprietário.

DIREITOS, DEVERES E A LEI

Basicamente, enquanto o inquilino precisa manter o imóvel conservado sempre (como mencionamos), é dever do locador entregá-lo em boas condições, além de mantê-las durante o período de locação, como esclarece o artigo 22 da Lei 8.245 de 1991, conhecida como Lei do Inquilino. Este, aliás, tem todo o direito de receber um documento com descrição detalhada do estado do imóvel, no momento de sua entrega, incluindo eventuais defeitos. No entanto, se aparecer algum dano na edificação durante a ocupação no apartamento ou casa (como problemas na rede elétrica ou hidráulica, esgoto, telhado, etc.), o inquilino deve comunicar imediatamente ao locador – responsável por esse tipo de reforma, chamada de reforma estrutural.

FAZENDO MELHORIAS

Melhorias são as alterações advindas de preferências pessoais do inquilino, como pintar paredes, trocar pisos, marmoraria, móveis, etc. Nesse caso, o proprietário do imóvel pode ou não aceitar financiá-las. É importantíssimo comunicá-lo, com autorização por escrito ou não, já que qualquer benfeitoria realizada sem autorização resulta em infração contratual. Evite problemas!

O essencial, afinal, é ao fim do período de locação você conseguir entregar o imóvel ao locador do jeito que o recebeu. Portanto, caso não haja negociação sobre descontar o valor da reforma que você deseja fazer no aluguel, por exemplo, fuja de obras mais complexas ou que vão precisar de muito trabalho e dinheiro para voltar ao original.

Pensando nisso, separamos algumas dicas e sugestões do que pode ser feito e desfeito com facilidade e que não altere tanto o imóvel:

chuveiro ligado

Trocar chuveiros: se você quiser colocar chuveiros elétricos mais modernos ou substituir as duchas, é possível. Basta ter em mente que, ao entregar o imóvel, será preciso reinstalar os que estavam antes, a menos que o proprietário autorize deixar os novos.

casal pintando o apartamento

Pintar paredes: fácil de executar e ainda dá outro clima para o cômodo. Quer saber quais as cores ideais para o seu imóvel? Leia nosso post sobre tons que trazem tranquilidade para o ambiente. 

casal pintando uma parede

Aplicar papel de parede e adesivos: essa é mais uma opção prática para mudar o visual do seu imóvel alugado. Para retirá-los não é preciso tanto esforço: é só lixar a parede, removendo a cola restante, e refazer a pintura.

casal com uma furadeira

Fixar quadros e prateleiras sem furar a parede: para evitar depois tapar os buracos da parede feitos pelos parafusos e repintar a parede, opte por colocar quadros e prateleiras com fita e prendedores adesivos específicos.

mulher trocando lâmpada

Trocar lustres e lâmpadas: lustres industriais, trilhos e outras luminárias com design diferenciado dão um outro ar para o cômodo. Coloque-os sem problemas: basta, depois, reinstalar os originais.

1200x628-px

One thought on “REFORMA EM APARTAMENTO ALUGADO: COMO FUNCIONA?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se para receber nossos conteúdos:

Agradecemos sua inscrição!